fbpx

Publicidade a carros, sem carros.

Cartaz para carro que se preze tem o quê? Certo! Tem uma fotografia bem grande e de excelente qualidade (geralmente) do carro. Claro que há excepções, mas são raras.

E um filme publicitário de automóvel, tem o quê? Certo outra vez. Um exemplar – a ofuscar de tanto brilho – a circular, parecendo andar sobre nuvens tal a sua destreza.

A fórmula é antiga e parece manter-se firme: publicidade para carro mostra o carro com o maior destaque possível. Mas nem sempre é assim, como no recente excelente exemplo da Smart, realizado em Lisboa:

Aqui, não há carro para ninguém. A estratégia é simples: sustentar a imagem de uma marca (e não de um automóvel) jovem, dinâmica, tecnologicamente avançada e preocupada com valores importantes como a segurança rodoviária. Tudo isto através de uma ideia inovadora e criativa. Digam lá se não é de fazer parar o trânsito!

Outro post que escrevi recentemente neste blog também usa um vídeo que demonstra esta estratégia alternativa para a promoção de uma marca automóvel – a Volkswagen neste caso:

https://hamlet.com.pt/os-novos-desafios-da-criatividade/

E há mais exemplos. Vejam este brilhante anúncio da Mercedes ao qual a Jaguar deu uma pronta e divertida resposta:

Automóveis nem vê-los. Só bicharada mesmo!

Manuel Caetano, da Hamlet

Manuel Caetano
da Hamlet

Botão_newsletter_2

Categories:
Comunicação institucional, Marketing B2B, O mundo online, Publicidade, Vídeo