O custo de não fazer marketing

PME MarketingDe acordo com um estudo da Pitney Bowes, as pequenas e médias empresas do Reino Unido não estão a fazer tanto marketing como deveriam e isso custa cerca de 122 biliões de libras por ano ao sector.

Apesar de reconhecerem que o marketing tem um impacto muito positivo nas vendas (87%) e que um aumento nas suas ações poderia gerar um crescimento de 9,2%, as PMEs realizam em média apenas 39% das atividades de marketing planeadas.

A investigação, realizada com a Cebr – Centre for Economics and Business Research – , demonstra uma clara disparidade entre os objectivos de marketing das empresas e o que realmente chega a acontecer. 77% das PMEs reconhecem que é um factor importante para o seu sucesso, no entanto, um terço pontua o seu esforço com um 5/10. 11% admitem que não chegaram a fazer nenhuma das atividades que tinham planeado.

Newsletter Hamlet
Informações, dicas e insights sobre Marketing B2B: clique na imagem

Um dos vice presidentes da Pitney Bowes, Ryan Higginson, afirma que “há uma grande oportunidade para as PMEs deitarem a mão a uma fatia dos 122 biliões mas para isso é preciso encontrar formas de agarrar todas as oportunidades de negócio e maximizar o lucro. A implementação de marketing digital é uma das formas de fazer isso, recorrendo a ferramentas de baixo custo e fáceis de usar…”.

Quando questionados sobre os motivos que impediam uma aposta maior em marketing, as respostas mais comuns foram a  falta de tempo (21%) e dinheiro (36%), o que era expectável ou não fossem esses os principais pesadelos da maioria das PMEs. A dificuldade em dar prioridade ao marketing também foi uma resposta frequente que se justifica com a quantidade de papéis que um diretor tem de desempenhar na sua empresa, optando muitas vezes por dar mais importância ao estacionário (35%) que ao marketing (32%).

Plano de Comunicação InternaPegando nas palavras de Ryan Higginson sobre a implementação de marketing digital, e porque é um tema que a Hamlet tem vindo a abordar com alguma frequência (pode ver aqui), que tal fazer um pequeno teste para saber se a sua empresa deveria usar mais uma dessas ferramentas, o email marketing?

Há várias razões para considerar o email no seu mix. Uma delas é poder substituir “o custo de não fazer marketing” por um instrumento de marketing de relativamente baixo custo. E com uma relação custo/benefício que pode ser muito interessante.

Mas será que o email marketing é para si? para saber basta seguir este link e completar em segundos o  Teste autodiagnóstico.

E como desconfio que este problema não é exclusivo das PMEs do Reino Unido, aproveito para perguntar: no seu caso, tem feito todos os esforços de marketing que podia na sua empresa?

Rui Lourenço
Gestor de projectos da Hamlet

CATEGORIAS:
Comunicação de marketing, e-mail marketing, Marketing Digital, PME, Vendas