O email marketing combina com a sua empresa? Faça o teste e decida

Se frequenta este blog ou assina a newsletter B2B da Hamlet (pode subscrever aqui), já terá reparado que somos fãs do email como ferramenta de marketing, e que frequentemente o recomendamos aos nossos clientes.

Para nós próprios tem sido uma ferramenta preciosa: ajuda-nos a ganhar visibilidade, a cultivar potenciais clientes, a fidelizar ou reativar os que já temos, a identificar parceiros de negócios e, com frequência, a gerar vendas.

Mas será ou não uma ferramenta adequada à sua empresa? Esta é que é a pergunta importante.

Newsletter Hamlet

Como ajudar os clientes nas ações de email marketing é um serviço que vendemos, seria tentador promovê-lo como uma espécie de panaceia. Sobretudo por ser uma ferramenta tão flexível, barata, ágil de implementar e de adaptar a todo o tipo de objetivos.

Acontece que, mesmo sendo uma ferramenta tão boa, o email continua a não ser mais do que isso: uma ferramenta. Excelente, mas só na medida em que se ajusta aos fins e às circunstâncias de quem a usa.

Ora, o facto é que o email serve melhor algumas empresas do que outras. Tem a ver com vários fatores. Com o tipo de produtos que vendem. Com o marketing que fazem. Com o target que procuram atingir. Como saber se para si é ou não uma boa aposta?

Sem pretensões de ser um diagnóstico definitivo, este rápido teste  pode dar uma pista bastante útil quanto ao valor do email para o seu marketing. Experimente fazê-lo (são só 8 perguntinhas de escolha múltipla, preenchem-se num instante) e confira o seu score e as implicações para o seu email marketing.

Depois, se quiser, partilhe as conclusões connosco. Estou cheio de curiosidade para saber o diagnóstico no seu caso.

Faça aqui o seu teste autodiagnóstico.

Jayme Kopke
da Hamlet

P.S. – Se além das conclusões do teste ainda quiser levar para casa a minha eterna gratidão, dê-me o seu feedback. Acha o teste útil? Há alguma pergunta que não lhe pareça clara ou que deva ser formulada de outra forma? Há alguma critério em falta? Ficarei sem palavras (pelo menos até ao próximo post).

P.P.S. Se o tema do email marketing lhe interessa, não se esqueça que nos próximos dias 25 e 26 de Fevereiro darei um crash course sobre “O Essencial do Email Marketing” na Academia APAN, da Associação Portuguesa de Anunciantes. Acho que ainda há lugares disponíveis – confirme com a Edite Martins, da APAN: 21 796 9692.

CATEGORIAS:
Comunicação de marketing, e-mail marketing, Marketing B2B, Marketing Digital