fbpx

Como os cogumelos silvestres podem melhorar o seu marketing B2B

Há dias fui desafiado para um “passeio micológico”: convidaram-me a aproveitar estes dias mais molhados para descobrir o assombroso mundo dos cogumelos silvestres.

Juro que, depois do passeio, não fiz nenhum chá com cogumelos esquisitos. Mas voltei cheio de ideias e perspectivas novas sobre – o que mais poderia ser? – marketing business-to-business.

A primeira delas foi sobre uma dificuldade que muitas empresas B2B têm no seu marketing: Como encontrar assunto para a contínua conversa que é preciso ter com os seus potenciais clientes?

Os cogumelos, quem diria, deram-me umas dicas. E fiquei cheio de vontade de as partilhar consigo. Bora descobrir como os cogumelos silvestres podem melhorar o seu marketing?

Cogumelos, acredite ou não, podem ser um assunto explosivo. Que efeito isso tem sobre o seu marketing B2B? Descubra neste e nos próximos posts desta série.

Há quem explique o marketing como uma conversa.

É uma definição que vale para todas as empresas, mas especialmente para as business-to-business, que têm ciclos de persuasão longos.

O comprador não fica convencido porque vê um anúncio do seu produto. Vai sendo conquistado aos pouquinhos, à medida que a sua comunicação vai criando confiança e interesse.

Só que para alimentar essa conversa é preciso ter assunto. Criar conteúdos sempre novos, sempre interessantes, sempre surpreendentes – sem nunca perder a relação com o que você vende nem a relevância para a sua audiência.

E esta é uma dificuldade para muitas empresas.

2020: o ano em que ficámos calados

Eu sei do que estou a falar: ao longo de todo o ano de 2020, os subscritores da Universidade B2B, a newsletter da Hamlet, receberam muito poucas comunicações. Sabe porquê?

Simplesmente porque entrámos na mesma espécie de bloqueio criativo que ajudamos outras empresas a combater.

De repente nos sentimos sem assunto. Travados. Tímidos.

Não é que não houvesse assunto no marketing business-to-business para desenvolvermos. Claro que há.

Mas já há tantos a fazê-lo. E tantos a dizer coisas tão parecidas, martelando as mesmas teclas que nós… Falando em geração de leads, partilhando segredos e truques do marketing digital.

Em 2020, quando ainda mais gente, à falta de palcos presenciais, se voltou para a produção de webinars, vídeos, artigos e todo o tipo de conteúdos digitais, esta sensação tornou-se ainda mais forte.

Como não ser repetitivos, mais-do-mesmo, indiferenciados? Onde encontrar temas novos que fossem interessantes até mesmo – ou principalmente – para nós próprios?

Isto porque o interesse – como o desinteresse – é contagiante. Quando você não está empolgado com o tema que aborda, o leitor também se entedia.

Às vezes vale a pena baldar-se

Até que, há uns dias, cansado de remoer este dilema, joguei a toalha. Desliguei o PC e, em plena semana de trabalho, aceitei o convite de uma amiga e fui participar de um passeio guiado na floresta de Montachique.

Tratava-se de um passeio “micológico”. Que é como quem diz: durante três horas, fomos observar, colher e aprender coisas sobre cogumelos.

Claro que fui com um sentimento de culpa. Com tantos clientes para atender, o marketing da Hamlet para tratar, tantos conteúdos em falta para a Universidade B2B – e eu a apanhar cogumelos?

Mas então aconteceu um fenómeno curioso. Ao voltar do passeio, trazia não só um bom punhado de novidades para o almoço. Mas, principalmente, a cabeça cheia de ideias para novos conteúdos.

Cogumelos e B2B fazem uma boa salada

Juro que não fiz nenhum chá com cogumelos esquisitos – mas o facto é que essas interessantes criaturas me fizeram pensar de uma forma nova em desafios como a produção de conteúdos, estratégias de comunicação e diferenciação. E fiquei cheio de vontade de partilhá-las consigo.

Por isso, é sobre cogumelos e marketing B2B que lhe vou falar nos próximos posts.

Preparado para uma viagem reveladora ao reino dos fungos, com cheirinho a terra, a humidade e a floresta, mas com muitos ensinamentos úteis para o marketing da sua empresa?

Então bora colher cogumelos comigo.

Para não perder nenhum dos episódios desta conversa sobre Como os Cogumelos Silvestres podem Melhorar o Seu Marketing, subscreva a newsletter Universidade B2B.

 

Categories:
Sem categoria