fbpx

Quem disse que o B2B não pode ser viral?

Confirmando o que tem sido o mantra da Hamlet, não é preciso ter uma marca de grande consumo para usar a comunicação com grande impacto.

Empresas que comercializam cimento, soluções informáticas ou vidro para clientes empresariais também podem gerar partilhas na ordem dos milhões de visualizações.

Um bom exemplo é o vídeo criado pela  Corning.

Os mais de 20 milhões (!) de visualizações deste vídeo ensinam várias coisas interessantes. Primeiro, mostram que um formato previsivelmente tão sem sal como um catálogo pode transformar-se num hit quando lhe incorporada uma ideia – neste caso, a visão de um futuro muito amigável que nos faz ao mesmo tempo sonhar e pensar.

Depois, desmistificam a ideia de que vídeos, ou textos, ou que for, têm que ser curtinhos para serem vistos e partilhados. Este tem mais de 5 minutos.

Por fim, comprovam que, lá porque trabalha com vidro, uma marca B2B não tem que ser invisível.

 

Rui Lourenço

(com uns toques do Jayme Kopke)

da Hamlet

 

 

Categories:
Business to business, Comunicação de marketing, content marketing, Internet, Marketing B2B, O mundo online