Líder portuguesa nas soluções de negócio com base em tecnologias de informação, a Novabase precisa constantemente de recrutar novos talentos. Mas não podem ser quaisquer candidatos: têm que ser os melhores finalistas dos cursos de engenharia e de gestão.

Campanha de recrutamento de talentos desenvolvida pela Hamlet para a Novabase
Cartaz – anúncio de Imprensa

Foi a pensar neles que a Novabase criou a Novabase Academy, uma iniciativa anual que proporciona aos recém-chegados um modo estimulante de ingressarem na empresa. O programa inclui uma formação inicial em regime de internato e ainda oferece aos melhores uma viagem de estudos que em 2009 incluiu visitas ao Google e a Nova Iorque.

Campanha de recrutamento de talentos para a Novabase, criada pela Hamlet
Cartaz/ Imprensa Novabase Academy

Convocada a propor a melhor forma de comunicar a iniciativa, a Hamlet começou por isolar a mensagem de maior relevância para os estudantes. Daí o foco escolhido: a dificuldade de escolher. Aos melhores não faltam opções. Muitos encontram-se divididos entre trabalhar no país ou fazer carreira lá fora; entre escolher uma empresa portuguesa ou uma grande firma multinacional; entre investir um pouco mais na própria formação ou aceitar já um emprego “a sério”.

Campanha de recrutamento de talentos para a Novabase, criada pela Hamlet
Imprensa – Cartaz

O racional da campanha, composta de anúncios de imprensa, cartazes, banners, um microsite e peças para distribuição nas universidades, é muito directo: a Novabase tem tudo para pôr fim a todas as hesitações. É uma empresa portuguesa, mas possui dimensão internacional. Tem dimensão, mas encoraja e pratica o empreendedorismo. É a melhor escolha tanto para quem quer aprender um pouco mais como para os que se querem lançar de cabeça na vida profissional.

Ou, nas palavras da campanha: “Novabase Academy. Para começar, tudo.”

Peça de divulgação do programa de recrutamento de novos talentos da Novabase
“Cartão de visita” distribuído nas Universidades