Luis Christello

O designer e diretor de arte brasileiro Luis Christello é um nome incontornável da publicidade portuguesa desde os anos 90. Fez parte da revolução criativa iniciada pela Young & Rubicam, quando por lá também brilhavam José Campos (com quem fundou depois a Z. Publicidade), Edson Athayde e José Ricardo Cabaço. Nessa altura, ajudou a trazer para o país alguns dos nossos primeiros Leões em Cannes.

No Brasil, teve passagens pela J. Walter Thompson, Fischer Justus e Lowe, e de 2008 a 2019 foi diretor criativo da Heads, do Rio de Janeiro.

Ao longo de sua carreira colecionou prémios: Clube de Criação de São Paulo, Clio, Art Directors Club of New York, Eurobest, FIAP, além de seis Leões em Cannes.

Luis tem um percurso reconhecido também nas artes plásticas: ganhou, entre outros, o Prémio Itamaraty, no Brasil, e o Prémio Montblanc, na Bélgica. Com vários livros publicados com os seus trabalhos, expôs individualmente no Rio de Janeiro na Galeria Manuel Bandeira, da Academia Brasileira de Letras, e participou de coletivas em Buenos Aires, Miami e Bruxelas.

Este ano, na sua terceira temporada em Portugal, Luis Christello está a iniciar uma colaboração com a Hamlet, agência especializada na comunicação business-to-business.